sábado, 19 de junho de 2010

Gonder, África do Sul

Fonte: members.virtualtourist.com/

Fonte: commons.wikimedia.org

Fonte: commons.wikimedia.org


Fonte: members.virtualtourist.com

Gonder, capital africana dos castelos.

Estrategicamente localizada na base dos montes Simen, uma das mais altas cordilheiras da África, Gonder tornou-se capital do império etíope no século XVII.
O Recinto Real cercado por altos muros de pedras, bem no coração da cidade, concentra num só lugar os mais importantes edifícios imperiais, entre os quais cinco castelos.

Texto suprimido de: Patricia Schultz [1.000 lugares para conhecer antes de morrer]

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Mpumalanga, África do Sul

Fonte da foto: peakhigh.co.za/blog/wp

Acredita-se que esse local tenha inspirado o escritor sul-africano J.R.H. Tolkien a criar o fantasmagórico cenário de sua saga O senhor do anéis.

Saara, África do Sul

Foto: David McNewStaff - Getty Images

terça-feira, 15 de junho de 2010

Hino Nacional Brasileiro

Hino executado com alguns ritmos Brasileiros. Vale a pena.

África do Sul, Brasil X Coreia do Norte




Terra adorada
Entre outras mil
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

África do Sul, Copa 2010

Foto: Getty Images

Por trás das lentes, olhares atentos, cristalizam e paralisam, em fração de segundos: movimentos, gestos, olhares...

África do Sul, Copa 2010

Foto: Getty Images

Imagem (do latim: imago) significa a representação visual de um objecto. Em grego antigo corresponde ao termo eidos, raiz etimológica do termo idea ou eidea, cujo conceito foi desenvolvido por Platão. À teoria de Platão, o idealismo, considerava a ideia (ou idéia) da coisa, a sua imagem, como sendo uma projecção da mente. Aristóteles, pelo contrário, considerava a imagem como sendo uma aquisição pelos sentidos, a representação mental de um objecto / objeto real, fundando a teoria do realismo. A controvérsia estava lançada e chegaria aos nosso dias, mantendo-se viva em praticamente todos os domínios do conhecimento.

domingo, 13 de junho de 2010

África, etimologia

Foto: Getty Images

África, etimologia

África, tua etimologia é incerta; para os antigos romanos, África terra, terra dos afrí*, talvez seja da palavra fenícia afar, que significa pó, poeira; pode também ser da tribo dos afridi, pode também derivar do grego aphrike, sem frio; ou, finalmente, do latim aprica, radiante, ensolarado. A origem do termo afer, a história atesta, podem ter muitas.
E, assim como tua etimologia, com o passar do séculos fostes se transformando em várias Áfricas, e talvez, aqui, serei injusta com muitas delas: África das tribos, das várias línguas, das minas de diamantes, dos desertos, das savanas. És também, a África, origem da humanidade, África dos Zulus, Xhosa. Mas também se fez a vergonhosa África do apartheid, da fome, da AIDS, de Ruanda (Tutsis e Hutus - 1994), dos conflitos xenófobos, mas não fiques triste, pois sois também a África de Mandela, Desmond Tutu. Como podes vê são muitas as Áfricas em uma.
E hoje, enfim, eis a África de Joanesburgo, Soweto, eis também a África da copa, és mais ainda: a África do Mundo.

* Plural do termo afer

by fran